Notícias › 17/07/2017

Romaria dos Carros de Boi é patrimônio imaterial

A Romaria dos Carros de Boi de Trindade (GO), agora é oficialmente patrimônio cultural imaterial do Brasil. Foi comprovada a força e a continuidade da tradição que resistiu ao tempo e relembra a maneira com que o povo simples participava da Festa do Pai Eterno no início da devoção.

Na última quinta feira (13) no Programa Pai Eterno, quadro “Você Sabia?” mostra que o título foi concedido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Iphan, durante a Romaria 2017.

A superintendente do Iphan em Goiás, Salma Saddi, conta que os carreiros entregaram um abaixo-assinado com quase cinco mil assinaturas, pedindo o registro da Romaria de Carros de Boi como um Patrimônio Nacional: “Nós levamos dois anos e meio estudando isso. E porque que nós estamos aqui? Porque nós fizemos primeiro um estudo de tombamento da Igreja Matriz, e queríamos entregar, ao lado da Igreja Matriz, para os romeiros que nos solicitaram”.

“Estudos foram feitos, estudos riquíssimos do ponto de vista antropológico, sociológico, para identificar que bem seria esse objeto de patrimonialização. Os estudos apontaram que o elemento principal, o elemento estruturante da Festa, do ponto de vista patrimonial, seria não a festa como um todo, mas sim a romaria do carro de boi. Esse é o elemento que nós chamamos de recorde principal do bem, que na verdade seria a representatividade maior que teríamos do ponto de vista da identidade cultural brasileira. Então, o Iphan através desse processo, elegeu a Romaria dos Carros de Boi como um bem cultural do Brasil”, explicou o diretor nacional do departamento de Patrimônio Imaterial do Iphan, Hermano Queiroz.

Na Romaria deste ano, cerca de 400 comitivas participaram do Desfile dos Carros de Boi, que aconteceu na quinta-feira, sétimo dia da Romaria. Centenas de romeiros que passaram dias na estrada para chegar a Trindade e demonstrar a sua fé no Pai Eterno. Durante o desfile, o certificado simbólico foi entregue a cada um dos carreiros na medida em que iam passando em frente à Igreja Matriz.

“Hoje essa romaria, que é uma romaria de devoção ao Pai Eterno, ela é um Patrimônio Nacional, ela é reconhecida pelo Governo brasileiro, pelo Itamaraty, pelo Iphan, como Patrimônio Nacional, quem sabe mais tarde a gente chega à Unesco com isso”, destaca Salma Saddi.

E na missa dos carreiros, que aconteceu no altar externo do Santuário Basílica, no penúltimo dia da Festa, o seu Édio Mariano que tem mais de 60 anos de Romaria, recebeu o certificado original representando todos os carreiros. Em tempos de Romaria, ele passa oito dias na estrada em carro de boi, do município de Vianópolis (GO) até Trindade. Para ele, receber esse título marcou a Romaria 2017 de uma forma muito especial.

“Para nós, carreiros, é uma honra, é um prazer muito grande receber esse título, a gente fica muito feliz”, ressaltou o carreiro de Vianópolis.

Veja também:

Fonte: http://paieterno.com.br/site/2017/07/13/romaria-dos-carros-de-boi-e-patrimonio-imaterial-do-brasil/

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com