Notícias › 21/07/2017

Papa Francisco faz doação à FAO

Roma – Para ajudar as populações da África oriental, o Papa Francisco doou simbolicamente 25 mil euros à FAO, Agência das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura.

A intenção do Papa foi expressa na mensagem para a sessão inaugural da 40ª Conferência Geral da ONU. No texto lido na ocasião, Francisco escreve que gostaria de se unir com uma contribuição ao programa da FAO que fornece sementes às famílias rurais que vivem em áreas atingidas por conflitos e secas. Este gesto tem a intenção de encorajar os governos e se acrescenta ao trabalho que a Igreja leva avante “segundo a própria vocação de estar ao lado dos pobres da terra”.

A notícia da doação foi divulgada pela Agência da ONU e a define como um “gesto sem precedentes”. A FAO recorda que na África oriental pelo menos 22 milhões de pessoas não têm o suficiente para se alimentar.

Seis países em dificuldade
“Uma grave situação se registra no Sudão do Sul, onde ainda existem seis milhões de pessoas que todos os dias lutam para obter alimentos. Em outros cinco países – Somália, Etiópia, Quênia, Tanzânia e Uganda –, cerca de 16 milhões de moradores necessitam de assistência humanitária. Desde o fim de 2016, houve um incremente de cerca 30%.

Dia Mundial da Alimentação
O Papa Francisco visitará novamente a sede da FAO em 16 de outubro próximo, por ocasião do Dia Mundial da Alimentação, que este ano tem por tema “Mudar o futuro da migração. Investir na segurança alimentar e no desenvolvimento rural”.

Fonte: http://br.radiovaticana.va/news/2017/07/21/papa_francisco_faz_doa%C3%A7%C3%A3o_%C3%A0_fao_para_ajudar_pa%C3%ADses_da_%C3%A1frica/1326317

 


 

Projeto “O Papa com o Sudão do Sul” financia saúde, educação e agricultura.

Juba – Começa a ganhar corpo o projeto “O Papa para o Sudão do Sul”, apresentado nos dias passados pelo Prefeito do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, Cardeal Peter Turkson.

A soma doada pelo Pontífice – cerca de meio milhão de dólares – foi entregue às “hábeis e confiáveis mãos de nossos amados missionários”, escreve em uma carta de agradecimento endereçada ao Papa Francisco o Presidente da Conferência Episcopal sudanesa, Dom Eduardo Hiiboro Kussala.

Congregações religiosas e Igreja local
O prelado refere-se, em particular, aos religiosos combonianos e à Solidarity with Sud Sudan – a iniciativa de colaboração eclesial que promove uma ligação de solidariedade entre 200 Congregações religiosas – pertencentes à União dos Superiores Gerais e à União internacional das Superioras Gerais – e a Igreja do país, sob a direção da Conferência Episcopal.

Hospitais
As missionárias combonianas administram o Hospital de Nzara, próximo à Yambio, e o Comboni Hospital, em Wau, duas estruturas de saúde que receberão uma cota da doação pontifícia.

Agricultura
Outra parte do montante sustenta um projeto da Caritas para a aquisição de sementes e equipamentos destinados a mais de duas mil famílias que vivem em Tombura-Yambio, Yei, Torit, Malakal e Djouba.

Formação de professores
Uma terceira parte do valor, por fim, foi confiada ao Solidarity Teacher Training College, de Yambio, onde 124 estudantes de várias tribos do Sudão do Sul e das montanhas de Nuba vivem e estudam juntos para se tornarem professores de escola primária.

“Trata-se de um gesto significativo e sobretudo encorajador por parte do Papa Francisco”, sublinhou o lassalista Bill Firman, Diretor Executivo do Solidarity with Sud Sudan, que administra o colégio.

Ele enfatiza que deste modo o Pontífice “está nos encorajando a todos a curar as feridas e a contribuir para criar uma paz duradoura”.

Renascimento do Sudão do Sul
Os bispos, por sua vez, ao agradecer pela ajuda concreta, não deixam de evidenciar a contribuição espiritual e pastoral do Papa para o renascimento do Sudão do Sul. Contribuição esta assegurada por meio da “oração”, pelas “palavras de apoio”, o “apelo de paz” e a “sincera intenção” de visitar o país, não obstante as dificuldades do momento.

“Tudo isto – escrevem na carta assinada por Dom Kussala – nos deu uma renovada confiança e força na defesa da dignidade de cada existência humana, na luta pela sacralidade da vida, nas ações para a construção da paz, no apoio aos mais necessitados”.

Fonte: http://br.radiovaticana.va/news/2017/07/21/o_papa_com_o_sud%C3%A3o_do_sul_sa%C3%BAde,_educa%C3%A7%C3%A3o_e_agricultura/1326270

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.