Espiritualidade › 21/06/2018

O verdadeiro testemunho da fé, é sinal da presença de Deus em nossa

Caríssimos, a nossa vida é um mover-se constante, estamos sempre pensando algo, falando algo e fazendo alguma coisa. Uns com boas intenções e objetivos precisos visando somente o bem de todos; estes verdadeiramente agem inspirados por Deus realizando o seu plano de amor e salvação. Outros, no entanto, agem perversamente com o único intuito de prejudicar os demais e tirar proveito disso, ou seja, servem ao maligno em troca de vantagens materiais, pensando tirar proveito disso; mas, o resultado é o estado mórbido de alma, isto é, uma vida perdida sem paz.

No Evangelho de hoje, Jesus nos ensina que, quem quer transparecer a presença de Deus pela prática da fé, precisa se esconder deste mundo, e assim pensar, falar e fazer tudo por amor a Deus e aos nossos irmãos. São Paulo, na Carta aos Colossenses, assim nos exorta à esse respeito: “Tudo o que fizerdes, fazei-o de bom coração, como para o Senhor e não para os homens, certos de que recebereis, como recompensa, a herança das mãos do Senhor. Servi a Cristo, Senhor.”

Então, o que mais devemos viver para transparecer a presença de Deus em nós e no mundo? Meditemos com atenção as palavras de São Cipriano, bispo e mártir: “A vida humilde, a fidelidade inabalável, a modéstia nas palavras, a justiça nas ações, a misericórdia nas obras, a disciplina nos costumes; o não fazer injúrias; o tolerar as recebidas; o manter a paz com os irmãos; o amar a Deus de todo o coração; o amá-lo por ser Pai; o temê-lo por ser Deus; e nada absolutamente antepor a Cristo, pois também ele não antepôs coisa alguma a nós.

O aderir inseparavelmente à sua caridade; o estar ao pé de sua cruz com coragem e confiança, quando se tratar de luta por seu nome e sua honra; o mostrar firmeza ao confessá-lo por palavras, e, no interrogatório, o manter a confiança naquele por quem combatemos, e, na morte, o conservar a paciência que nos coroará, tudo isto é querer ser coerdeiros de Cristo, é cumprir o preceito de Deus, é realizar a vontade do Pai.”

Paz e Bem!

Frei Fernando Maria OFMConv.

Fonte: http://brasilfranciscano.blogspot.com/

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.