Notícias › 30/01/2018

Frei José Raimundo será ordenado diácono no dia 3

No dia 3 de fevereiro, Frei José Raimundo de Souza será ordenado diácono por Dom Joaquim Wladimir Lopes Dias, bispo da Diocese de Colatina (ES), na Catedral Sagrado Coração de Jesus de Colatina, durante a Celebração Eucarística, às 16 horas.

Frei José Raimundo nasceu em Mariluz (PR), no dia 21 de junho de 1973. É o segundo filho dos quatro de Francisca Maria de Souza e Raimundo Francisco de Souza. Aos cinco anos de idade, mudou-se com seus familiares para Bauru (SP), onde conheceu os Frades Franciscanos desta Província da Imaculada Conceição. Depois de fazer acompanhamento com os frades em Bauru, ingressou no Aspirantado de Ituporanga (SC) em 2007, e no Postulantado de Guaratinguetá (SP) em 2008. Ingressou no Noviciado de Rodeio (SC) no ano seguinte, onde fez sua primeira profissão aos 3 de janeiro de 2010.

De 2010 a 2012 cursou Filosofia em Curitiba, morando em Rondinha, Campo Largo (PR). Chegou à Fraternidade do Sagrado Coração de Jesus, em Petrópolis (RJ), em 2013 para o tempo da Teologia, onde residiu até 2014. Foi transferido para Imbariê, morando nesta casa nos anos de 2015 e 2016. Ao final de 2016 concluiu o curso de Teologia e foi transferido para Colatina (ES), onde reside atualmente.

Para Frei José, o diaconato é o serviço que está na dinâmica do Cristo servo e, exercê-lo a partir desse princípio, significa ser sinal de Cristo que veio para servir. “Recordo as palavras de São Paulo que inspiram meu futuro ministério: ‘Fiz-me servo de todos’ (ICor 9,19), bem como o que disse Francisco de Assis: ‘E devem alegrar-se, quando conviverem entre pessoas insignificantes e desprezadas, entre os pobres, fracos, enfermos, leprosos e os que mendigam pela rua’ (RnB IX,2), isso para dizer da disposição com que me apresento para o ministério ordenado e o modo como desejo vivê-lo, isto é, ser servo de todos, indistintamente, sem, contudo, deixar de seguir a recomendação evangélica do Seráfico Pai de colocar-se, com alegria, ao lado dos mais desfavorecidos do nosso tempo. Trata-se de um ideal que assumo como projeto de vida a ser perseguido e vivido a cada dia”, prometeu Frei José.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.