Notícias › 01/12/2017

Em defesa do SUS, contra o HIV

Dom Roberto Francisco Ferreria Paz
Bispo de Campos (RJ)

O dia 1º de dezembro é celebrado como a Data Mundial da Luta contra a AIDS e terá este ano, como reflexão, o tema escolhido pela Pastoral da AIDS : Em defesa do SUS, contra o HIV. Os avanços da medicina, os gestores públicos sanitários e a sociedade civil alcançaram o controle da doença e torná-la tratável diminuindo sua letalidade. Com novas tecnologias terapêuticas e as estratégias de prevenção, tem se conseguido estabelecer uma rede de cuidados que possibilita ao paciente conviver com qualidade e uma expectativa mais consistente. Apoiar o SUS é a resposta brasileira para AIDS, uma vez que garante o acesso democrático aos tratamentos e protege com estratégias viáveis de prevenção a incidência do HIV na população.

O Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das DST, do HIV/AIDS e das Hepatites Virais (DIAHV), do Ministério da Saúde, prepara o lançamento de uma Campanha centrada na Prevenção Combinada do HIV. Desde 2013, o citado Departamento do Ministério da Saúde tem disponibilizado os medicamentos antirretrovirais de forma gratuita a todas as pessoas vivendo com HIV/AIDS, iniciando a Politica Pública da Saúde conhecida pelo lema Testar e Tratar", e do uso do Tratamento, como prevenção, pelo país, posturas propositivas bem sucedidas. A Pastoral, que ajuda na divulgação e encaminhamento destas propostas se importa, além de garantir direitos e conscientizar a população, de assumir a pessoa com HIV/AIDS por inteiro, estando a seu lado, como presença samaritana que testemunha os valores do Reino e serve ao Cristo padecente.

Também ajuda a despertar, nas famílias e comunidades eclesiais, a solidariedade e compaixão, que são atitudes e olhares tão, ou mais importantes, que os medicamentos, pois preservam o trato humano, sensível e acolhedor para com nossos irmãos (ãs). Que o Cristo Salvador, o Médico Divino, que veio para restaurar e curar por inteiro nossa condição humana, nos torne mais compassivos e misericordiosos, ajudando com nosso compromisso e empatia a vencer o HIV/AIDS. Deus seja louvado!

Fonte: http://cnbb.net.br/em-defesa-do-sus-contra-o-hiv/


1º de dezembro – Dia Mundial de Combate à Aids

O Dia Mundial de Combate à Aids é comemorando anualmente em 1º de dezembro e tem por finalidade levar informação sobre a doença e diminuir o preconceito.

O Dia Mundial de Combate à Aids é comemorado em 1º de dezembro e tem por função primordial alertar toda a sociedade sobre essa doença. A data foi escolhida pela Organização Mundial de Saúde e é celebrada anualmente desde 1988 no Brasil, um ano após a Assembleia Mundial de Saúde que fixou a data de comemoração.

→ Mas, afinal, o que é Aids?

A Aids é uma doença causada pelo vírus HIV, geralmente por contato sexual desprotegido com pessoa contaminada, mas pode ser também transmitida por transfusão sanguínea e compartilhamento de objetos perfurocortantes. Diferentemente do que muitos pensam, ser HIV positivo não é o mesmo que ter Aids. A Aids é o estágio mais avançado da doença, quando o sistema imunológico encontra-se bem debilitado.

A Aids é uma doença que não mata por si só. Por causar um grande impacto no sistema imunológico, o paciente fica sujeito a doenças oportunistas, como a pneumonia, que surgem no organismo nesse momento de fraqueza. Assim sendo, não se morre de Aids, morre-se das complicações geradas pelas doenças oportunistas.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com