Artigos › 21/07/2017

20 de Julho, Dia Internacional da Amizade

Francisco de Assis, amigo de Clara, amigo de Leão, de Rufino, de Ângelo, de Jacoba de Settesoli, dos animais, do sol, da lua, da água e do vento. Francisco amigo de tudo o que podia dividir com ele uma nova vida. Sua amizade é vitalidade de fraternidade, sair e chegar para perto de tudo que se constitui um novo modo de relacionar-se. Seu jeito peregrino encontra no caminho valores que aproximam pessoas e todo ser criado. Amizade como comunhão de mesma busca, reúne amigos que dividem sonhos.

Amigo tem essa energia que vem da liberdade da escolha feita pelo coração e não pela ancestralidade, embora certos amigos já estão destinados à nossa vida desde os inícios dos tempos. Clara de Assis, por exemplo, parecia uma conhecida desde as origens das intuições. Amigos fazem parte dos sonhos que Deus sonhou para nós. Aproximam confidências de fé e amor, trazem a benéfica energia de coragem, de potência das coisas que brotam do coração, capaz de criar e transformar. Quem cantou serenatas nas tabernas e praças de Assis é capaz de cantar abraçando a natureza e os animais, e poder ser amigo de pássaros e de lobos, de camponeses, de mendigos, do sultão, do bispo de Assis e do Papa.

Os amigos de Francisco entenderam que nele a Palavra era uma convocação que acendia no coração uma vontade de deixar tudo, porque aquela amizade era discipulado bebendo nas fontes do Evangelho, lugar dos amigos do Esposo. Conviviam com naturalidade nas frestas rudes das pedras e com a pura e indizível beleza de Clara, pois todos tinham a vontade de estar onde o Espírito do Senhor habitava. Dividiam um afeto tão rico, capaz de viver a pobreza mais perfeita. Amigo não precisa de coisas, mas de corações. Permeavam os encontros de humanidade e santidade. Amigo não tem referência de sangue biológico ou parental, mas recebe nas veias uma transfusão de ideais parecidos, de laços, direitos conquistados na partilha, distância vivida na intensa proximidade. Fizeram obras de imenso cuidado!

Francisco amigo nos ensinou a levar a individualidade e a totalidade para fazer a festa de estar juntos. Com seus amigos fez encontros decisivos e eles escreveram uma Legenda toda de sua vida. Amizade é olhar no espelho e ver tantas faces sorrindo na mesma transparência e dizendo que a cruz e mais leve quando não é carregada sozinha. Por isso, é testamentário dizer que o Senhor nos deu amigos-irmãos, construtores da Paz e facilitadores do Bem!

Francisco de Assis, modelo de amizade, manda um salve aí para a moçada toda que andou com a gente tocando nas praças, remedando jeans, sonhando liberdade, levando chá e cobertor para os que dormiam nos vãos da cidade, nunca esquecendo aniversário, dividindo humor e lágrimas, e tendo uma saudade enorme que atravessa séculos! Feliz dia para quem todo dia se faz Amigo!

FREI VITÓRIO MAZZUCO

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com